Conheça o Instituto Veritas
 
     
     
     
     
     
     
     
Assessoria e Consultoria
     
     
     
     
Educação a distância
 
 
 
 
Área acadêmica e administrativa
 
 
Material de Apoio
 
 
 
 
 
 
Atendimento via chat
 
 
Acesso de alunos e professores »
Email:  Senha: 
Material Didático « Voltar
 
Livro: O filosofar e a Ética nas Organizações - convite a reflexão


    A presente obra trata de dois temas do saber humano interligados: o pensar e o agir. Ambos, pensar e agir, estão intimamente ligados porque um está contido no outro. Quando pensamos revelamos nossa visão de mundo e de si mesmo e quando agimos mostramos pelas ações e relações, o quanto ético somos ao longo da vida. Neste sentido todos nós temos uma filosofia e uma ética, mesmo que não tenhamos consciência de tal fenômeno. Entretanto, é preciso entender que o mundo e as organizações requerem um profissional competente tecnicamente e qualificado eticamente para que os processos relacionais construa reputação no que pensamos e fazemos ao longo de nossa vida.

    Dois procedimentos metodológicos foram necessário. O primeiro consiste na preocupação constantemente do autor em metabolizar conceitos, teorias, para organizar, o entendimento das experiências de vida e a compreensão da própria realidade. Desse processo, surge o que denomina-se de filosofar. Isto é, pensar a partir de onde os pés pisam a luz dos conceitos e teorias estudadas. O segundo procedimento, consiste no cuidado especial na construção do "ethos" do filosofar, no contexto da sala de aula. A aula na Educação Superior transformou-se num laboratório produtor de princípios, valores e atitudes que inspiram o relacionamento dos sujeitos envolvidos no processo pedagógico do pensar. Originando-se daí o rosto e corpo da ética que queremos para ser vivida na dimensão pessoal e profissional.

    O fio condutor destas relações estão balizadas nos princípios: Informação X Comunicação e Relacionamento X Reputação. Pois, a necessidade de vivenciar esses princípios, mostra-nos um mundo órfão de uma consciência portadora de moralidade e justiça, nos processos de convivialidade equilibrada entre as pessoas nos diferentes contextos de suas vidas. Por isso, o desafio é buscar "o meio" entre os extremos do excesso e da falta, quando nos relacionamos na mais diferentes organizações. Somente o homem justo constitui-se a base de um relacionamento equilibrado. Esse transforma-se no corolário de uma sociedade justa e eticamente correta. Enfim, o sentido da ética encontra-se balizado, na relação com o outro no meio em que o ser humano vive.


    Autor:
 José Ernesto de Fáveri é natural de Cocal do Sul (SC). Formado em Filosofia e Pedagogia, com especialização Orientação Educacional, Mestrado em Educação: Ensino Superior e, doutorado na área da Educação pela UFSCar, São Carlos (SP). Pós-doutorando em Sociologia da Gestão das Organizações. Publicações: Filosofia da Educação: o ensino de Filosofia na perspectiva Freireana. Petrópolis, RJ: Vozes, 2006; O programa de ensino em Filosofia da Educação através dos temas geradores de Paulo Freire. In. Maria Oly Pey (Org.) e outros. Recordando Paulo Freire: experiências de educação libertadora na escola. RJ: Achiamé, 2001; A sociologia dos países subdesenvolvidos. Manuscrito (1975) do Autor Álvaro Vieira Pinto. RJ: Contraponto, 2008. Nessa obra Fáveri realiza a organização, apresentação e o pósfacio. No prelo: O legado de Álvaro Vieira Pinto a partir dos seus contemporâneos (2009); Álvaro Vieira Pinto X Paulo Freire: Categorias filosóficas e contribuições à educação libertadora (2009). Docente da UNIDAVI, Rio do Sul (SC), vinte e seis anos no Ensino de Graduação e Pós-graduação. E-mail: j.ef@terra.com.br
Instituto Véritas - Br 470 km 89, Centro N° 630 CEP:89138000 - Ascurra - SC Fone: (47) 3383-0440 | Desenvolvido por Vale da Web
Todos as logos e marcas neste site são de propriedade de seus respectivos donos. Os comentários são de propriedade dos postadores. Demais conteúdos © 2008 por Instituto Véritas.